11.5.12

A próxima vez


A última vez que ouvi o piano de Bernardo Sassetti foi no Verão passado no Festival ao Largo. Estava uma noite quente, os bailarinos pareciam particularmente leves e o eléctrico passava só para nos lembrar de como tínhamos sorte de estar ali. Lembro-me de ter pensado que os meus filhos poderiam gostar de ouvir ao vivo um piano assim, e prometi a mim mesma que da próxima vez levava-os.

8 comentários:

  1. é do camandro. o sentimento de que "para a próxima é que é" só nos faz valorizar aquilo que é espontâneo.

    sejamos mais espontâneos. só se vive uma vez, já diz o filme do outro...

    ResponderEliminar
  2. Eu tive essa sorte Carla. Fez um ano na Páscoa. Ele tocou num concerto para bébés...e emocionou-se no final.

    ResponderEliminar
  3. Demasiado curta para esperarmos pela próxima, vivamos esta, se nos permitirem!
    Antigamente guardávamos "aquele" vestido para um dia de festa, para o Domingo, para o passeio que íamos dar... agora, vestimo-lo hoje, porque amanhã pode estar fresco, ou pode deixar de nos servir - é hoje!

    ResponderEliminar
  4. Espera, que desta vez vou mudar de smiley !
    :D

    ResponderEliminar
  5. Arrepiei-me ao ler este post. É que parece que nos esquecemos que neste vida nada é garantido e que cada momento é uma davida...

    ResponderEliminar
  6. Pois é, e no entanto, é o mais evidente.
    Olha, ando a distribuir smileys hoje, por isso
    :)

    ResponderEliminar

Pessoas

Nomadas e sedentarios