26.4.12

Apenas mais um elogio à mochila


Estudar, para trabalhar, para ganhar, para gastar, para comprar, para possuir, para arrumar, para assegurar, para guardar, juntar, acumular. Lutar, lutar, lutar.
E depois numa mochila, poucos quilos são necessários, temos toda a energia das primeiras vezes.
Primeira vez que se vê a Praça Vermelha às 6 da manhã, primeira vez que se anda numa rua, que se visita um museu, que se vê um quadro, que se lê uma historia, que se ouve uma língua, que não se conhece ninguém. E também primeira vez que apanhamos chuva a caminho de um restaurante fantástico, que já não existe, que temos frio quando nos enganamos no caminho e estamos perdidos e é noite e ninguém fala nem inglês, nem francês, nem espanhol, nem português.
Vivesse eu de primeiras vezes.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Pessoas

Nomadas e sedentarios