28.9.12

Acorda, estejas onde estiveres II

E amanhã volta a haver cantoria.
Que caiam. Que se demitam. Que saiam de onde estão. E sobretudo da nossa frente.
E que se procure rapidamente alternativas. Para que não caiemos nós, na mesma esparrela do ano passado.
Acordar e fazer por um futuro decente. Amén.

Nova para o repertório :
Eu vi este povo a lutar para a sua exploração acabar . Sete rios de multidão que levavam historia na mão . 
sobre as aguas calmas . um vulcão e fogo . toda a terra treme . nas vozes do povo



Sem comentários:

Publicar um comentário

Pessoas

Nomadas e sedentarios