11.1.11

Music is my aeroplane ou o narcisismo do umbigo

A minúscula anda feliz da vida com o retomar da rotina escolar. O minúsculo suplica-me para que o deixe na espécie de creche onde às vezes vai. Aqui em casa, quase não há birras, nem lutas, entendem-se às mil maravilhas. Esqueceram que a TV da avó existiu algumas vez na suas pequenas vidas e é vê-los fazer puzzles, brincar com os comboios ou às cabanas. Alguém abriu as portas do Eden e não saíu nos jornais. Muito menos no telejornal da TVI.
Acredito que o facto de só termos chegado a casa há um dia não tem nada a ver com o caso.
E eu ando aos saltinhos, bombardeada com a infomação que não procurei e nem vou verificar das 7445687987 coisas que estão a acontecer lá fora e de outras 9875434678 tarefas que devia começar a fazer para mudar a minha vida. Um dia eu vou ser só mãe. Juro. Entretanto, sempre que posso, ponho a musica no máximo, fecho as cortinas e não vos posso dizer a wild party que se passa aqui dentro, eu, mais ou meus 764534578 amiguinhos imaginários. Um dia tiro fotos. Ou compro uma bimby. Ou faço as duas coisas.
Um dia também vou deixar de ser umbrilista. Já vos disse que o meu umbigo é africano ?

4 comentários:

  1. Maravilha... a parte em que eu estou ficar louca e o mal nem sequer é de origem minuscular ?

    ResponderEliminar
  2. Ah!Ah!Ah! O meu umbigo também é africano ;) Bom Ano Novo!
    mundo.a.cores |www.worldincolors.blogspot.com

    ResponderEliminar

Pessoas

Nomadas e sedentarios